sábado, 16 de agosto de 2014

O vídeo que mudou minha opinião




           Desde que assisti esse vídeo - que foi lá pro final de junho - eu tomei a decisão de cortar a carne de um dia pro outro. Ele me faz observar o quanto eu era (e ainda sou para certas coisas) ignorante de opinião, que fazia as coisas sem pensar, sem me perguntar. Tomei a decisão de não mais aceitar esse tipo de brutalidade se olhos vendados e fingir que nada acontecesse, porque uma coisa que ela aborda no vídeo que eu realmente me perguntei "Caramba, sério isso? Eu sou tão ignorante à esse ponto? Fingir que a carne que compro não veio do sofrimento de um animal, que "nasceu para morrer" e fingir que isso é "normal" pra mim? PQP, quero mais isso pra mim não.". 

           Para quem não sabe, no mês de junho eu tirei das ruas um gatinho siamês, que estava com uma inflamação triste nos olhos, que estava cheio de fome, magrinho que só e cheio de pulgas. Eu estava sem dinheiro algum, eram mais de meia noite, não podia levar pra casa moro com meus pais e minha mãe não ia deixar, mas acabei conseguindo um local para ele dormir na noite que eu o achei, fiz uma arrecadação enorme com o pessoal da minha faculdade para conseguir o dinheiro do tratamento dos olhos dele, mas quando ele melhorou, ganhou peso e tudo mais, descobri que ele estava cego dos dois olhos e que não tem como reverter a situação dele, dai tive outra dor de cabeça porque para achar um dono porque poucas pessoas gostam de pessoas deficientes imagine animal? Até que no final minha mãe se comoveu com meu esforço todo e deixou eu adotar-lo e fazer para minha gata (Pequena), e hoje ele se chama Frido, inspirado em Frida sofrida, já que ele também teve uma vida bem sofrido até hoje. Dai quando parei para assistir esse vídeo eu reparei que não adianta diminuir o sofrimento de um e apoiar indiretamente de outros. 

Pequena (minha gorda) e Frido (meu cegueta) <3 

Essa postagem é pra mais dizer a minha historinha de vida de como tomei decisão de cortar a carne e de parar de usar produtos que tem derivados de animal e que fazem testes em animais. Faz exatamente dois meses que me tornei ovolacto de um pro outro e já estou em uma transição natural de me tornar vegan. 


Gostaria de saber um pouco da história de vocês, por favor me contem nos comentários :)
Postar um comentário